IV Encontro da Rede AKTEA em Sines

5 11 2009

Entre os dias 27 e 31 de Outubro, a Ilhas em Rede, representada por sete mulheres de diferentes ilhas dos Açores ligadas à pesca, teve o prazer de participar no IV Encontro da Rede AKTEA, que este ano teve lugar em Sines, uma região marcada pela beleza das suas praias e portos piscatórios.

Estiveram presentes neste encontro pessoas de diversos países e regiões, dos Açores ao Japão, e consequentemente, foram muitas as actividades realizadas pelos participantes. Primeiramente, durante uma visita a Sapalsado (Setúbal) foi possível verificar a forma como se produzem as ostras e as diferentes características destas. Depois efectuou-se um encontro a uma comunidade de mulheres da Carrasqueira, onde pudemos saborear a gastronomia típica e conhecer melhor o dia-a-dia destas mulheres pescadoras, que apesar da distância e das diferenças que existem, anseiam pela mesma realidade, em termos de valorização e reconhecimento do seu trabalho.

Paralelamente a isso, durante este encontro foram apresentados e abordados diferentes temas relacionados com o papel da mulher na pesca, nomeadamente no Japão onde Natsuko Miki e Kumi Soejima, da Universidade Nacional da Pesca, mencionaram que apesar das mulheres ligadas à pesca serem indispensáveis, em termos do trabalho que realizam elas não são reconhecidas.

Um dos aspectos discutidos neste encontro esteve relacionado com o Livro Verde da Política Comum de Pescas, mais concretamente com o facto de não se mencionar a mulher e o seu papel no sector piscatório. Neste sentido, considera-se necessário haver informação estatística acerca do número de mulheres neste sector, bem como a criação, por parte da União Europeia, de um quadro jurídico que regulamente os direitos da mulher na pesca.

Em simultâneo, teve lugar a Celebração da Cultura Costeira[i], sendo apresentado um projecto brasileiro, voltado para a formação de jovens nas mais diversas áreas do sector piscatório. No fundo, pretende-se formar o/a trabalhador/a numa lógica do “aprender fazendo”.

Com o intuito de dar a conhecer o trabalho da UMAR-Açores consideramos pertinente a divulgação das edições publicadas, nomeadamente: Inclusão Percursos para a Igualdade – IPI e Estamos cá. Existimos. As Mulheres na Pesca nos Açores.

Durante este evento, procurou-se acima de tudo reflectir de forma concertada sobre as verdadeiras dificuldades e necessidades do quotidiano dos pescadores/as.

O grupo Açoriano presente foi constituído pela Fátima Garcia e Sofia Esteves, da ilha do Faial, Glória Brasil e Isabel Belerique da ilha Terceira, Clarisse Canha, Joana Medeiros e Zilda Silva de S. Miguel, Ilídia Rosa de S. Jorge e Fátima Fontes da ilha das Flores.            

Fotos da autoria de: Clarisse Canha e Joana Medeiros (UMAR-Açores) e Sofia Esteves (Ilhas em Rede)

Texto de: Joana Medeiros (UMAR-Açores)                                      


[i] Celebração da Cultura Costeira (CCC) , projecto da Mútua dos Pescadores.

fotos 3


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: