Importância de uma associação na caminhada feminina na pesca: Tomaram-nos respeito!

20 11 2012

A Direcção da Ilhas em Rede (IR) reuniu a 12 de Novembro, no Faial, com a presença das cinco dirigentes desde órgão social da IR. À anfitriã e presidente Fátima Garcia, juntaram-se, vindas do Pico, Terceira e São Miguel, Ângela Rodrigues, Glória Brasil, Lurdes Batista e Clarisse Canha.

Nesta reunião de direcção decorrida quase no final do ano, a direcção debateu a atividade em 2012, tendo destacado a importância do surgimento desta associação para a valorização das mulheres na pesca artesanal.

Nas palavras de Fátima Garcia “Quando formamos a associação foi para reconhecer o trabalho da mulher… Temos trabalhado em grupo. Como somos ilhas é complicado falar com todas. O que importa é que conseguimos formar uma associação para valorizar a nós próprias.”

Fátima Garcia testemunhava ainda: “No princípio, nos anos 90, quando eu entrava, (em sítios como a Lota, espaços marcadamente masculinos) os homens começavam a «falar», mas com o tempo e a minha presença lá, isso começou a mudar.” Refere ainda casos concretos de mulheres suas colegas na pesca e da sua caminhada no sector: “Tomaram-lhes respeito”!

Para além das atividades ainda a decorrer em 2012, a direcção da Ilhas em Rede Associação de Mulheres na Pesca nos Açores debateu desde já algumas orientações para 2013, e, considerou particularmente importante prosseguir atividades de valorização profissional das mulheres e estudar uma proposta com vista à criação de uma figura do tipo de “carteira profissional” para as mulheres na pesca, particularmente as que trabalham em terra.

Em resumo pode afirmar-se que neste ano 2012 que está a chegar ao fim, se prosseguiu na afirmação da Associação Ilhas em Rede. Podemos também dizer que esta é mais uma página no movimento de valorização das mulheres na pesca artesanal decorrido nos últimos anos nos Açores assim como em Portugal continental e Europa.

Na região destacam-se, a partir de 2000, algumas acções e projetos como o projecto EQUAL Mudança de Maré, o projecto de estudo-acção sobre As Mulheres na Pesca nos Açores promovido pela da UMAR Açores o lançamento da rede de mulheres na pesca e o nascimento, em 2008, da associação Ilhas em Rede que agora prossegue a caminhada da valorização das mulheres na pesca artesanal. Nos Açores

Artigo e fotos: Clarisse Canha

Image


Ações

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: